De uns dias pra cá, resolvi concentrar as ideias e tomar consciência de que nada poderia ser tão original quanto a marca das adversidades que você fez questão de carimbar em mim. Andar na contramão era o modelo adotado pra sua vida, a aventura predileta, eu o admirava por gostar de quebrar padrões e abandonar os rótulos em um mundo onde só respira a agregação deles.

Chegaste quando designei fechamento de visitação, bloqueei-me para manutenção por tempo indeterminado — foi tudo que consegui determinar –, pois a faxina seria grande em cada cômodo desajeitado do meu ser. A baderna era tanta que não sabia por onde começar. Mãos à obra! Tinha muito trabalho pela frente e parar pra te ouvir, com certeza, seria mais um para a conta. Queria restabelecer a cidade da minha alma que estava desapontada após o vasto terremoto, e te poupar desse imenso desastre.

Garantida de que seria no mínimo deselegante receber uma visita ilustre como a sua, no estado deprimente que estava, tentei prorrogar seu pedido de vir ao meu encontro. Mesmo assim, reverberou suas vontades. Apareceu fazendo uma surpresa agradável ainda naquela noite estrelada, vestindo a camisa de botão que te deixava ainda mais charmoso, e que por coincidência, era a minha favorita. Com a barba bem feita e o sorriso no rosto, convidou-me para jantar, e de sobremesa, sugeriu um recomeço.

Expliquei o tumulto em excesso que tomava conta de mim, revelei o medo de não mais me doar por completa, pois até a parte mais organizada, virou uma completa zona.

Quanto mais encontrava motivos para desistir, mais você retirava da cartola os de resistir. Era difícil entender o simples fato de que o nosso amor tinha tornando um quebra-cabeça; tínhamos todas as setecentas peças, mas a minha paciência estava escassa para organizá-las. Você se enchia do que me faltava, encaixando, peça a peça, no seu devido lugar, desviando do que eu pensava, na coragem demonstrada de ser a ordem da minha bagunça.

Aceitei a experiência inusitada e conclui todos os encaixes, meu bem. Se soubesse que a sua intervenção seria ousada em se dispor a tal ponto, mediante aos meus desalinhos, teríamos formado a imagem completa e traçado o destino que nos uni, muito antes de quebrarmos as nossas cabeças, no sentido literal da palavra.

 

 

Giulia Christy (escritor parceiro)

“Este texto faz parte da 2ª edição do Desafio das Palavras (Camila Barretto x Giulia Christy) – um jogo proposto com o objetivo de versar sobre temas vindos de fora pra dentro; inspirar-se ao contrário. Duas escritoras, cada uma com seu olhar sobre o tema/título.”