“Um carro do lado de fora, abaixou os faróis e buzinou. Entendendo que chegava a hora de partir, me levantei da cadeira, e um ar melancólico se instalou naquela cafeteria. Olhei para ele. Dez segundos de silêncio, uma eternidade. Ponderei que, para o nosso bem, era melhor voltarmos à estaca zero, e encerrar aquele contato contínuo, de uma vez por todas.

Otávio, com sua forma característica de me encarar, se despediu de mim, estando certo de que eu já tinha decretado, de forma irrevogável, o fim daquele privilégio. Não era essa a impressão que eu queria ter passado, mas, enfim… Assim ficou registrada em seu subconsciente, a minha rude decisão final.
Dei-lhe um abraço afetuoso e fui caminhando em direção à porta. Pelo mesmo espelho em que vi o sorriso de Otávio há alguns meses atrás, nesta noite, reparei que ele, desapontado, nem conseguia mover os músculos dos lábios.”
Camila Barretto.
Trecho do Texto Efeito Girassol.