“Pra tu me odiar, vou dizer coisas absurdas, opiniões fora de contexto, preconceitos e toda a sorte de insinuações ridículas. Que é pra você me odiar. Quem sabe assim, pelo menos uma vez, você tem um sentimento intenso por mim”.

Vini Severo (Escritor Parceiro)

“Eles tinham um lance, mas noite passada, estavam cansados demais e adormeceram. Quando acordou, ele se apressou em pegar suas roupas para ir embora. Ela estava com a cara enfiada no travesseiro, arrependida de ter adormecido agarrada à barba do rapaz. Ficou chateada quando ele apontou para a porta sem se despedir, mas não disse nada. Se enrolou nos lençóis com as coxas e se encolheu.  Ele viu essa cena e teve uma dessas reações automáticas. Largou as chaves do carro e foi até a cama. Transaram de novo, agora aos beijos. Os dois pensaram em tornar a relação mais séria – mas preferiram não estragar a manhã com o assunto. Marcaram de se ver novamente essa semana. E seriam felizes, não para sempre. Ao menos pelo resto do dia”.

Vini Severo (Escritor Parceiro)

 

“– Oi, tudo bem? — Ela pensou em todas angústias, todas incertezas, tudo que atormentava seu sorriso, as lembranças e as lágrimas que não tinha mais forças para segurar, o cansaço emocional. Pensou em como estava desabando, entre insatisfações e falta de esperança, no medo de sofrer novamente, nas inúmeras vezes em que ponderou se aquilo merecia sua preocupação. Pensou em tudo isso, e respondeu com um sorriso singelo: — tudo bem, sim”.

Vini Severo (Escritor Parceiro)

 

– – – – – – – – – – – – – – – – –
Um pouco sobre ele: Vinícius Severo, 32 anos, nascido e forjado no Rio Grande do Sul. Curso História e trabalho como jornalista. Não sei se o gosto pela leitura veio antes ou depois do delírio que tenho por boas conversas. E quando não estou em uma mesa de bar, alucinado em assuntos aleatórios com os amigos, converso com as palavras que se transformam em poesias, versos ou contos.

Página: www.facebook.com/textosdovinisevero.