“Dilemas e Saudades”: um site, a etapa de um sonho!

Se um dia me perguntarem como eu cheguei até aqui, eu responderei com um sorriso nos olhos: sonhando. Meus sonhos foram as asas do meu avião e minhas paixões, meu mais raro combustível.

Há exatamente uma década, começou a minha paixão pela escrita. Encontrei nela, uma forma de construir um mundo só meu, um refúgio ideal para minha imaginação fértil de menina apaixonada. Lembro como se fosse hoje do caderninho amarelo que eu carregava comigo nos intervalos das aulas do Ensino Médio. Era um caderninho de poesias simples, mas sinceras. Em 2008, as folhas do caderno deram espaço a um “blog secreto”, o qual eu batizei de Diário Sentimental. No decorrer de seis anos, abriguei nele, quase em total sigilo, dezenas de poesias, crônicas e contos decorrentes de inspirações momentâneas. Até pouco tempo, aquele ainda era o meu mundo particular. Mas no final de 2014 resolvi fazer diferente. Decidi renascer e compartilhar. Movida de coragem, abri as páginas do meu diário de sentimentos em busca da identificação das pessoas e de uma nova identidade para o meu estilo de escrita. Hoje, me reconhecendo e me conhecendo cada vez mais, percebo que dividir histórias em forma de textos é um ato de amor. É feito um abraço gostoso após um dia cansativo. As pessoas gostam de saber que sentimos saudades parecidas, que passamos por dilemas quase iguais. E assim nasceu a ideia do “Dilemas e Saudades”. Escrevendo, entendi que certas palavras, quando bem-ditas, têm o dom de acolher e de encorajar mudanças. Às vezes, para o dia terminar bem, é só de um texto-abraço que as pessoas precisam.

Beijos, e meu muito obrigada, até mesmo para aqueles que me leem, com carinho, em silêncio.

Camila Barretto

 

“Sou um velho diário perdido na areia, esperando que você me leia. Sou pista vazia esperando aviões”.